Quatro em cada 10 brasileiros já compartilharam notícias falsas

A propagação de notícias falsas pela internet está se tornando um problema cada vez maior, tanto que, recentemente, o Facebook anunciou uma ferramenta que permite aos usuários denunciarem as informações que forem falsas.

Ainda assim, muitos internautas não conseguem diferenciar matérias falsas de verdadeiras. Um estudo realizado pela Advice Comunicação Corporativa e a BonusQuest revela que 42% dos brasileiros já compartilharam notícias falsas nas redes sociais. De acordo com a pesquisa Consumo de Notícias do Brasileiro, somente 39% dos entrevistados afirmaram ter o hábito de sempre checar a fonte da informação.

Além disso, 78% afirmam que utilizam as mídias sociais para se informar, sendo que o Facebook aparece em primeiro lugar com 60%, enquanto o Twitter e o LinkedIn representam 4% e 2%, respectivamente, das preferências. Já o WhatsApp é citado como fonte de informação por 10% das pessoas.

Por outro lado, os entrevistados indicam que as mídias sociais têm o menor índice de credibilidade. Somente 6% dizem confiar totalmente no que é visto nas redes sociais; 26% confiam parcialmente e 11% desconfiam totalmente.


Comentários (0)


Deixe um comentário